Descobrindo os arredores

Dia de sol e, segundo a previsão, último dia de sol antes da partida.

Vamos então à Marseille, que temos um belo passeio de barco sobre as águas turquesas.

Chego no hotel e fico sabendo que eles não tinham visitado nem as arenas nem tampouco o teatro antigo e como o ingresso só valia por dois dias, resolvi levá-los para visitar esses dois monumentos em Arles antes de pegarmos a estrada.

O céu estava azul, azul bandeira!! Fazia um contraste fascinante com a claridade das pedras das paredes da arena e das ruínas do Teatro.

Em uma hora tínhamos dado uma bela volta. Valeu a pena.

Pegamos o carro e fomos para Marselha parando aos pés da Note Dame da la Gare. Era dia das mães aqui na Europa. Tinha muita gente e muito vento também!

Depois da visita descemos de carro e fomos para o velho porto para o passeio de barco . Paramos antes para comer algo e fizemos o tour aos Calanques de Cassis. Com o vento o barco balançava um tanto, mas também com o vento não havia nuvens e o sol brilhava e deixava as águas mais belas, assim como as pedras reluzentes

Depois do passeio fizemos uma volta pelo mercado que tinha nas ruas e voltamos

No dia seguinte, ainda fazia um belíssimo sol e fomos para Avignon, a cidade dos Papas e Gorde. Andamos juntos, comemos juntos , nos separamos e sempre nos reencontramos. Foi lá que tomamos o sorvete de lavanda. Qual o gosto? O gosto do cheiro, isso mesmo, difícil de explicar, só experimentando para entender!

Nosso último dia foi acompanhado de algumas nuvens e um pouco de água.

Começamos por Baux de Provence, uma cidadela medieval que alguns fizeram o tour completo e outros (as) ficaram mais nas compras. De lá fomos fazer uma degustação na Mas de Bertha e passamos pelo Mausoléu de Saint Paul, onde Van Gogh passou seus últimos dias. Demos uma paradinha nas ruinas do começo do milênio e depois fomos para Saint Remy de Provence onde, devido a chuva escolhemos de dentro do carro onde iriamos almoçar e acabamos parando num restaurante muito bom, de muito boa qualidade, que nem tinha um pichet (vinho local em garrafa abert), mas agradou a todos

Ainda fugindo da chuva, fomos tomar um chá numa outra casinha bem simpática e acabamos voltando para Arles.

Às 19 horas nos reencontramos para tomar um vinhozinho e comer um queijinho juntos, afinal era nossa última noite

No dia seguinte 3 partiram de trem de manhã e três de avião à tarde. Hoje 2 estão em Paris, 2 devem estar a essa hora no ar voltando e 2 já devem estar em casa no nosso território brasileiro.

No ano que vem tem mais!

Posts Em Destaque
Posts are coming soon
Stay tuned...
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
</